O curta-metragem "Lamento do Oceano", realizado neste ano pelo Módulo A do Curso de Design de Animação do UNICURITIBA, foi selecionado para exibição na 10ª edição do Curta 5 – Festival Estudantil de Curtas. O evento é realizado pelo Instituto Federal da Bahia – Campus Vitória da Conquista.

O Festival foi idealizado para incentivar a produção audiovisual a partir do espaço escolar e estimular a produção de vídeos de cunho educativo, artístico e cultural. O Curta 5 valoriza a criatividade através da experimentação, utilizando a produção de vídeo como ferramenta de construção do conhecimento.

Camila Christoff Machado, Cassio Godoi Couto, João Victor Ploszaj, Jorge Luiz Bueno da Silva Filho, Leonardo Prudencio, Rilary Wallace Duarte Silva, Victor Hugo Teixeira da Costa, William Teidy Suzuki são os alunos responsáveis pelo projeto, orientado pela professora Márcia Maria Alves. Conforme a coordenadora do curso, professora Lucina Reitenbach Viana, a seleção para o Curta 5 inaugura a participação do filme no circuito audiovisual estudantil, que seguira sua participação em outros eventos da área ainda em 2019 e também em 2020.

Sobre Lamento do Oceano
A adaptação de Moby Dick, do quadrinista Christophe Chabouté, foi a principal referência visual do filme, que trata do Objetivo para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) nº 14 da ONU, que estabelece metas para a preservação dos recursos marinhos e dos oceanos. Os pescadores artesanais, espalhados em vilas ao longo da costa brasileira são os protagonistas dessa história, em que  a filha de um pescador artesanal narra a luta de seu pai para continuar a exercer a sua profissão e sustentar sua família, apesar da poluição marinha e dos impactos da sobrepesca. A filha, de imaginação víivida, dá à poluição a figura de um monstro e relata, à sua maneira, o que se passou com seu pai.

O curta foi produzido em Stop Motion de recorte de papel, pela agência experimental Animah, criada em 2017 pelos alunos da primeira turma do curso de Design de Animação do UNICURITIBA. Entre suas produções estão os curta-metragens “A Hora da Mudança”, que mistura live action com animação tradicional para demonstrar o impacto do lixo eletrônico em nosso cotidiano e o jeito correto de descartá-lo, e a animação 3D “Choices”, que narra histórias de ação e drama em um mundo em que o real e o sobrenatural se misturam. Enquanto trabalha na divulgação de “Lamentos do Oceano”, a Animah também está produzindo o filme “Sentido”, que trata das experiências transformadoras proporcionadas pela arte, com lançamento agendado para o fim de novembro, no UNICULT, a mostra de produção audiovisual anual realizada pelos alunos do UNICURITIBA.

Confira o teaser aqui.