Descobrir a vocação é um dos objetivos que todos almejam na vida, ainda mais no âmbito acadêmico e profissional. Bryanne Rocha, egressa do Curso de Relações Internacionais do UNICURITIBA, descobriu a sua após realizar um intercâmbio na Suíça, entre outras viagens internacionais, ainda na adolescência. Durante a graduação, despertou interesse pelo tema Desenvolvimento Sustentável, o qual será seu objeto de pesquisa no Master of Arts em Ciências Políticas na Universidade de Calgari, no Canadá, onde conquistou uma bolsa de estudos.

De acordo com Bryanne, a orientação do corpo docente de Relações Internacionais foi essencial para sua decisão. “É realmente ótimo ter mestres que abram seus olhos e que sejam tão apaixonados em passar o conhecimento que eles possuem para seus alunos. Foi inspirada neles que decidi continuar na academia para um dia também ser capaz de passar minha experiência aos interessados em aprender”, conta.

Bryanne relata que o processo de se aplicar para uma bolsa é simples. “É possível aplicar por meio de agências ou fazer sozinho nos sites das próprias universidades. Optei por fazer o processo por mim mesma. É necessário ter um orientador, enviar o histórico da graduação, o resultado do teste de proficiência na língua, o curriculum vitae, um artigo publicado e traduzido, quaisquer prêmios que tenha recebido e uma carta de intenção que contenha o projeto de pesquisa. O primeiro envio é feito pelo site com os documentos digitalizados e depois por correio”, detalha.

A egressa enviou a aplicação de bolsa para diversas universidades e recebeu o retorno de três: University of Regina em Master of Arts em Estudos Sociais; Memorial University of Newfoundland em dois cursos, Ciências Políticas e Políticas Públicas; e University of Calgary em Ciências Políticas. “Decidi aceitar a oferta da Universidade de Calgary, dado o seu grande reconhecimento em pesquisa, seu extenso campus com uma avançada infraestrutura e alta empregabilidade”, conclui Bryanne.