Para vivenciar a Arquitetura Colonial brasileira e ampliar os conhecimentos dos alunos, nos aspectos construtivos e estilísticos, os cursos de Design de Interiores e Arquitetura e Urbanismo do UNICURITIBA realizaram, em setembro, uma viagem técnico-cultural para Minas Gerais.

Acompanhados pelo Prof. Arildo Camargo, os acadêmicos visitaram as diversas cidades, incluindo Belo Horizonte, Caraça, Congonhas, Ouro Preto e Tiradentes. Santuário da Caraça, Museu da Inconfidência, Igreja Nossa Senhora do Carmo, Igreja Nossa Senhora do Rosário; Igreja São Francisco de Assis; Complexo da Pampulha, Mercado Central de BH, Parque de Inhotim, Santuário Bom Jesus de Matosinhos,

Museu de Congonhas, Largo das Forras, Chafariz de São José, Matriz de Santo Antônio, Museu de Sant’Ana e Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos foram os destinos apreciados por eles.

De acordo com o professor, o principal objetivo da viagem foi proporcionar o contato direto com a Arte, a Arquitetura e o Urbanismo, além das técnicas construtivas típicas do estilo colonial português. “Esses temas são amplamente estudados em disciplinas como Urbanismo, História da Arte, História da Arquitetura, Paisagismo, Estrutura, entre outras”.

Ele ainda diz que esse tipo de atividade é fundamental porque permite a vivência em espaços e temas estudados em sala de aula. “Eventos como esses não são apenas inesquecíveis ao estudante, mas também valorizam os cursos e a Instituição”, finaliza.